Pages

Descrevendo a Leucemia

Quer saber um pouco mais sobre Leucemia? Leia o post e entenda!

Células-Tronco - A Esperança

As células-tronco são uma das grandes esperanças da ciência e da medicina nos últimos tempos para pesquisas voltadas para curas para certas doenças. Saiba mais como isso pode te salvar lendo o post Células-Tronco - A Esperança!

A Caneta Inteligente

Que tal uma caneta que te ajude na hora de escrever, indicando os seus erros de escrita? Leia a matéria e saiba mais sobre essa caneta!

A Eletricidade

O que é a eletricidade? Você sabe de onde de fato ela vem? Veja no post A Eletricidade e descubra mais sobre ela

O Grupo dos Halogênios

Vai fazer vestibular? Veja esse post O Grupo dos Halogênios e arrebente na prova!

sábado, 31 de outubro de 2009

Gerador de Energia Fantástico e com Efeito Colateral de Antigravidade

Tudo começou em 1.952, quando o inventor e hoje ex-professor universitário John Searl, desenvolveu um gerador elétrico que tinha como objetivo fornecer energia elétrica quase que infinita.
O que aconteceu é que Searl desenvolveu não só um gerador elétrico da forma que ele esperava, mas também que causasse nele mesmo, um efeito colateral de antigravidade. Quando foi colocado em operação, o gerador começou a girar em alta velocidade e começou a eletrizar o ar em volta dele, formando uma nuvem de íons em torno do aparelho e ao mesmo tempo, ele levitou em movimento de rotação portanto, sofrendo uma grande queda de temperatura. E não só isso aconteceu, os discos magnetizados usados no gerador, tiveram deslocamento de cargas positivas para o centro deles e de cargas negativas para a parte mais exterior, com elétrons sendo expulsos pela tangente do disco mais exterior. Esse modelo desenvolvido em 1.952, foi destruído e os registros técnicos foram perdidos por razões desconhecidas, segundo Searl.
Mas não desconfiem que toda a história contada seja mentira por causa disso. Atualmente, Searl, tem o apoio técnico de uma equipe de engenheiros e técnicos seguidores da tecnologia desenvolvida por ele e já começaram a iniciar os trabalhos na elaboração do gerador, à aproximadamente 5 anos, isso mais vários vídeos na internet, provando que os efeitos do gerador são verídicos. Esses vídeos estão no endereço: http://www.youtube.com/results?search_query=SEG+&search_type=&aq=f e ainda em vários outros.

Os projetos de Searl não tem convencido muitos investidores, um exemplo de excessão é um grupo de investidores do extremo oriente. A justificativa dessa tecnologia é o objetivo na quebra do paradigma da utilização de combustíveis fósseis para a geração de energia em muitos seguimentos, já que o SEG (nome do gerador) tem um rendimento energético bem maior e não polui o meio ambiente, mostrando como estamos de bobeira, poluindo o nosso planeta, tendo gastos exorbitantes e desperdiçando recursos técnicos, por causa de cobiça dos investidores em energia e ceticismo conservador dos cientistas. O melhor dessa tecnologia é que um mesmo SEG pode ser sempre utilizado em um sistema, por que estabelece um ciclo de geração e aproveitamento de enegia constante e renovável. O nome SEG significa Gerador de Efeito Searl, visto que esse efeito é a geração de energia elétrica em grande quantidade por meio de corente elétrica gerada pelo eletromagnetismo induzido nos discos. O sistema possui um esquema simples (mostrado na ilustração) e de funcionamento complicado e tem sido construídos SEG's de tal forma a evitar o efeito colateral antigravidade, o que mostra que os engenheiros de Searl já descobriram o segredo! No final dos anos 60, Searl, com quase o mesmo grupo de colaboradores de hoje, montou um IGV - Veículo à Inversão Gravitacional, ou seja, um Disco Voador, chamado por muitos como OVNI. Simplesmente, o Disco Voador funciona pelo princípio causador de antigravidade no SEG, porém com algumas modificações e que tem segredo não revelado por Searl e sua corporação, nem nos sites deles. A NASA já conseguiu desenvolver o sistema de Podkletnov (será posteriomente publicado), eliminando o sistema de resfriamento e conseguindo fazer ratos levitarem sem usar gás carbônico congelado, porém para Searl, já ter construído um IGV, significa que ele está bem à frente da NASA e de Podkletnov. Tudo isso representaria, uma grande mudança na Engenharia Mecânica e a quase extinção da Engenharia Aeronáutica, além de uma grande revolução para as Engenharias Eletrônica e Elétrica. Para saber mais sobre o assunto, acessem o google e digitem SEG, virá muitos resultados sobre isso. Não deixem de comentar sobre os artigos pessoal, conto com vocês! Fiquei devendo o artigo sobre os exoplanetas, na próxima postagem, sem falta, colocarei! Até mais!

Um comentário:

Anônimo disse...

Adorei esse texto fui muito exclarecedor, mais eu também gostaria que vc continua-se a falar sobre os plantes como prometeu!
bom fim de semana