Pages

Descrevendo a Leucemia

Quer saber um pouco mais sobre Leucemia? Leia o post e entenda!

Células-Tronco - A Esperança

As células-tronco são uma das grandes esperanças da ciência e da medicina nos últimos tempos para pesquisas voltadas para curas para certas doenças. Saiba mais como isso pode te salvar lendo o post Células-Tronco - A Esperança!

A Caneta Inteligente

Que tal uma caneta que te ajude na hora de escrever, indicando os seus erros de escrita? Leia a matéria e saiba mais sobre essa caneta!

A Eletricidade

O que é a eletricidade? Você sabe de onde de fato ela vem? Veja no post A Eletricidade e descubra mais sobre ela

O Grupo dos Halogênios

Vai fazer vestibular? Veja esse post O Grupo dos Halogênios e arrebente na prova!

sábado, 15 de janeiro de 2011

Definição e Classificação de Nuvens - Parte 2

Na segunda parte da série de postagens sobre tipos de nuvens, vamos falar das nuvens que se situam em altitude média, entre 2 a 8 Km de altitude.

Nimbostratus - os nimbostratus são nuvens caracterizadas por capas uniformes e de cor cinza-escuro, sua altura se situa geralmente a 2 Km de altitude. As nimbostratus sempre resultam em preciptação, ao contrário dos cirrostratus, altostratus e stratus e são nuvens de altitude baixa e média. As nimbostratus bloqueiam a passagem de luz solar. Abaixo, vemos uma nuvem nimbostratus.


Altostratus - são nuvens que parecem um lençol cinzento ou azulado e em algumas partes, permitem ver a luz solar. Essas nuvens são formadas por cristais de gelo e gotas de chuva. Eis a imagem abaixo:


Altocumulus - são nuvens brancas ou as vezes cinzas, que tem a forma de lâminas ou rolos fibrosos e difusos.
Através das brechas entre esses "rolos", podem se ver pedaços do céu claro. Abaixo, há a imagem de uma altocumulus:


Não percam a terceira parte dessa série sobre os tipos de nuvens, iremos falar das nuvens mais baixas da atmosfera, entre elas, a nuvem de nevoeiro. 

Nenhum comentário: