Pages

Descrevendo a Leucemia

Quer saber um pouco mais sobre Leucemia? Leia o post e entenda!

Células-Tronco - A Esperança

As células-tronco são uma das grandes esperanças da ciência e da medicina nos últimos tempos para pesquisas voltadas para curas para certas doenças. Saiba mais como isso pode te salvar lendo o post Células-Tronco - A Esperança!

A Caneta Inteligente

Que tal uma caneta que te ajude na hora de escrever, indicando os seus erros de escrita? Leia a matéria e saiba mais sobre essa caneta!

A Eletricidade

O que é a eletricidade? Você sabe de onde de fato ela vem? Veja no post A Eletricidade e descubra mais sobre ela

O Grupo dos Halogênios

Vai fazer vestibular? Veja esse post O Grupo dos Halogênios e arrebente na prova!

sábado, 1 de junho de 2013

Armas de Fogo - Invenção e Evolução

As armas de fogo estão entre as mais simples invenções já criadas e fizeram parte de muitos momentos históricos importantes. É importante falar sobre sua importância, apesar de seu efeito negativo sobre a humanidade. Seu processo evolutivo foi lento ao longo da maioria dos séculos, tendo somente se acelerado no século XIX e início do século XX devido a revolução industrial e ao avanço técnico-científico, que foram intensos nesse período.




O seu surgimento foi muito provavelmente na China, após a invenção da pólvora no século IX, em que essa substância era usada para atirar pedras. No século essa invenção foi aperfeiçoada pelos árabes, em que armas de fogo foram desenvolvidas com canos de madeira e protegidos e reforçados com cintas de ferro, surgindo assim, efetivamente, o canhão. Os canhões passaram a serem produzidos com bronze no século XIV, tornando essas armas mais seguras e mais perfeitas para a guerra.



As primeiras armas de fogo portáteis surgiram no século XV, tendo sido criado depois, no século XVI, o mosquete, que apesar de ter sido revolucionário, ainda era uma arma lenta e de péssima precisão. Nos anos 1600, a pontaria melhora com a invenção do fuzil de pederneira, mas muitos disparos ainda falhavam e ainda era necessário o recarregamento com o projétil e a pólvora pelo usuário.

A grande revolução veio mesmo no século XIX com a invenção do cartucho de bala e de mecanismos de carregamento pela culatra, que tornaram as armas de fogo bem mais letais e precisas, praticamente eliminando o problema da má pontaria. Essa melhoria fez surgir o que hoje chamamos de revólver.

Em 1884, surgiu a metralhadora, como a melhoria de uma arma de fogo francesa que disparava vários projéteis ao mesmo tempo. As metralhadoras mudaram a forma de batalha nas guerras, o que fez a Primeira Guerra Mundial ter sido conhecida como a primeira guerra de trincheiras e ter forçado os engenheiros a construírem uma arma de defesa capaz de proteger melhor os soldados das metralhadoras, surgindo assim o tanque de guerra. Para completar, os modelos de submetralhadoras, fuzis de assalto e pistolas automáticas do final do século XX tornaram infinitamente mais preciso - e perigoso - o poder de destruição das armas.

Nenhum comentário: